Heritage Solar do Castelo – A experiência de viver num Castelo

Sep. 16 2019

Tenha desde já uma coisa em mente: este não é apenas mais um Hotel em Lisboa. Entrar no HeritageSolar do Castelo é começar a experiência da corte, numa narrativa com séculos de História.

Por aqui, entraram reis e rainhas que agora emprestam o nome aos quartos que, adornados com móveis da época aliados ao conforto marca dos Heritage, garantem uma experiência ímpar, só possível paredes meias com a muralha. Saiba mais sobre a história do Castelo de São Jorge.

Seja bem-vindo ao Hotel mais romântico da LisbonHeritage Collection.

Heritage Solar do Castelo – Quarto D. Afonso Henriques, o Conquistador

Este é o quarto número 1, e faz jus ao nome do primeiro rei de Portugal.

O elegante dossel domina o ambiente de tons quentes e confere à cama o destaque ao conforto que irá proporcionar aos nossos hóspedes.

As duas meias gaiolas douradas, às quais é impossível ficar indiferente, ajudam a compor a atmosfera que torna este quarto único.

Os cortinados com motivos florais encaixam a janela que nos mostra a muralha – relembrando-nos que este não é mais um hotel, é uma experiência.

Na secretária vai encontrar um Vinho do Porto a pedir um brinde ao momento.

O que diz a História – D. Afonso Henriques, o Conquistador (1109 – 1185)

Foi o primeiro rei de Portugal, filho do conde D. Henrique e da infanta D. Teresa.

Não há certeza se nasceu em Coimbra, ou em Viseu por volta de 1109, mas sabe-se que foi criado em Guimarães onde viveu até 1128. Até hoje, esta é reconhecida como a cidade onde “Nasceu Portugal”.

Ficou conhecido por se opor à mãe, D. Teresa, e de a ter derrotado na batalha de São Mamede (1128) onde tomou o governo daquele que na altura era o Condado de Portucalense, pertencente ao Reino de Leão. Começou então a luta para manter e expandir o território, para que o condado fosse definitivamente reconhecido como independente e D. Afonso Henriques pudesse ser proclamado Rei. Em 1179, o condado foi definitivamente reconhecido pelo papa Alexandre III como independente: nascera Portugal.

Diz-se ainda hoje em dia, que é graças a D. Afonso Henriques ter enfrentado a própria mãe que Portugal não é Espanha.